Sobre o Festival do Teatro Brasileiro

  • Oficina BandodiPapel

    Participante constroi instrumento de papel

    Foto: Talita Oliveira

  • Formação

    Adolescentes participam de ação de formação no Acre

    Foto: Carlson Felipe

  • Debates

    Debate com o público após o espetáculo Entre Nós

    Foto: Talita Oliveira

  • Espetáculos

    Bando de Teatro Olodum apresenta "Áfricas"

    Foto: Talita Oliveira

  • Público

    Família se diverte em "Áfricas", do Bando de Teatro Olodum

    Foto: Talita Oliveira

  • Participação

    Márcio Meirelles, diretor do Cabaré da Rrrrraça, fala com o público após espetáculo

    Foto: Talita Oliveira

  • Espetáculos

    Cabaré da Rrrrraça se apresenta para teatro lotado em Rio Branco, AC.

    Foto: Talita Oliveira

  • Remendo Remendó

    As crianças também se divertiram no espetáculo Remendó Remendó, em Rio Branco, AC.

    Foto: Talita Oliveira

  • Seu Bomfim

    Solo na peça "Seu Bomfim" emociona o público

    Foto: Talita Oliveira

Conheça

O Festival do Teatro Brasileiro é um projeto de intercâmbio de artes cênicas único no Brasil. Esta proposta de circulação vem contribuindo, desde 1999, para o desenvolvimento da cena teatral brasileira por meio de variadas ações que atingem um complexo universo de atores sociais e culturais.

A cada Edição é feita uma curadoria da cena teatral de um estado do país que então circulará para outros estados da federação.
Em 2014, na XVI Edição, o estado objeto de cena é a Bahia, e este panorama será apresentado nos estados do Acre, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo e São Paulo.

O FTB está organizado com base nos seguintes eixos de atuação:

  • Circulação de espetáculos;
  • Ação de formação para alunos da rede pública de ensino;
  • Oficinas gratuitas de qualificação para profissionais de Artes Cênicas;
  • Intercâmbio entre núcleos de graduação dos estados envolvidos;
  • Encontros informais entre grupos e profissionais do fazer teatral;

A apreciação deste painel representativo possibilita a percepção e entendimento da produção contemporânea do estado em destaque.

O projeto é modelo da viabilidade da articulação entre as diferentes esferas das administrações públicas, envolvendo os governos: federal, estadual e municipal. Bem como a iniciativa privada.


Breve histórico

Em 15 anos de trajetória, já foram apresentadas as Cenas Baiana, Cearense, Pernambucana, Mineira, Gaúcha, Paranaense e do Distrito Federal para 14 estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, Rio Grande do Sul, Bahia, Sergipe, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul e Goiás.

Foram realizadas 563 apresentações de 164 espetáculos selecionados, com público superior a 228 mil espectadores. Um total de 41.300 crianças e jovens da rede pública de ensino participou gratuitamente dos programas educativos promovidos; cerca de 1.920 pessoas frequentaram as oficinas e ao longo das quinze edições do projeto foram gerados mais de 2000 empregos temporários.